qυαи∂σ νσ¢ê ναι ємвσяα

E ela fora estendida na estante, e arrumada como que se lá fosse ficar eternamente.Ela já previa onde tudo isso terminaria, onde pararia; já que mesmo aquela boca, teimosamente dizendo que a amava, mesmo andando de mãos dadas, sorrindo com ela, dividindo momentos, seria apenas uma fase, algo momentaneo. Todavia, não para ela.
Que boneca burra e masoquista!* Teima em amar alguem que nunca sera seu.
E tudo fica assim, ela na estante amarrada num fio de esperança, como uma marionete com vida. E o pó, acumulado em seu vestido, brilha sempre que o sol, timidamente, a tenta ofuscar.

"Como um brinquedo velho" - diz me ele.
"Sim, meu caro, como mais um brinquedo empoeirado naquela estante" - lhe respondo.



*frase baseada em "crepusculo".

4 lembretes:

Steferson disse...

"- Que cordeiro estúpido
- Que leão doentio e masoquista"
...

às vezes, eu deveria parar de fazer as minhas analogias e observações, Garota da Lua, acho que elas machucam mais do que deveriam...
é, hoje não é dia de falar sobre a escrita, mas sobre o escrito... então, se eu disser que tudo fica bem, tem como você acreditar?

ellen disse...

*quando vc vai embora fico triste... e choro..choro...
by:pica-pau

ellen disse...

viva crepusculo!!!

Sunshinee disse...

Crepúsculo *___* ; lindo lindoo o textoo! amei !!!!!